Cirurgia Bariátrica - Obesidade

O QUE É CIRURGIA BARIÁTRICA? Cirurgia bariátrica ou gastroplastia para obesidade mórbida consiste na modalidade cirúrgica do tratamento da Obesidade Mórbida..

 

A obesidade mórbida é o termo utilizado para definir uma doença adquirida, na qual o grau de obesidade faz com que doenças orgânicas ocorram ou sejam significativamente agravadas pelo excesso de gordura corporal, e tornam cada vez mais sérios os inconvenientes sociais e psíquicos decorrentes. Tem sido comprovado que a obesidade está fortemente relacionada com a hipertensão arterial, diabetes tipo II, arteriosclerose, ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais, doenças pulmonares, artrites, cálculos de vesícula, hérnias, varizes e flebites, doenças cutâneas e traumatismos, apenas para citar as patologias mais comuns.

Para ser bem-sucedido, o tratamento cirúrgico deve vir acompanhado de uma reeducação alimentar e de um estilo de vida mais ativo.

 

 

QUEM PODE FAZER? Segundo Ministério da Saúde:

  1. indivíduos que apresentem IMC≥50 Kg/m2;

  2. indivíduos que apresentem IMC≥40 Kg/m², com ou sem comorbidades, sem sucesso no tratamento clínico longitudinal realizado, na Atenção Básica e/ou na Atenção Ambulatorial Especializada, por no mínimo dois anos e que tenham seguido protocolos clínicos;

  3. indivíduos com IMC>35 kg/m2 e com comorbidades, tais como pessoas com alto risco cardiovascular, diabetes mellitus e/ou hipertensão arterial sistêmica de difícil controle, apneia do sono, doenças articulares degenerativas, sem sucesso no tratamento clínico longitudinal realizado por no mínimo dois anos e que tenham seguido protocolos clínicos.

 

ALGUM EXAME PODE AUXILIAR O MÉDICO? Sim. A Obesidade Mórbida é uma doença multifatorial. Necessita uma ampla investigação com exames laboratoriais e de imagem para diagnóstico e indicação de tratamento cirúrgico.

 

ALGUM OUTRO PROFISSIONAL É ENVOLVIDO NESSE DIAGNÓSTICO? Sim. A Obesidade Mórbida é uma doença de tratamento multidisciplinar. Psicólogos, Nutricionistas, Clínicos, Endocrinologista, Ginecologista, Educador físico, e muitos outros profissionais são essenciais para o diagnóstico e tratamento adequado da Obesidade Mórbida.

As avaliações pré-operatórias são realizadas com toda a equipe multidisciplinar antes de se indicar um tratamento cirúrgico.

 

QUAIS OS TIPOS DE CIRURGIA BARIÁTRICA? Existem três formas básicas de tratamento cirúrgico:

- através das técnicas restritivas;
- através das técnicas disabsortivas;
- através de técnicas mistas.

 

As técnicas mais utilizadas, atualmente, são o ByPass Gástrico e o Sleeve Gastrectomy (Gastrectomia vertical). Cada uma apresenta suas vantagens e desvantagens e deve ser indicada individualizando o perfil de cada paciente. Somente 4 tipos de procedimentos são autorizados a serem realizados no Brasil até o momento.

 

 

É necessário abrir o abdome para realizar estas cirurgias? Não, atualmente cirurgias para obesidade são realizadas por videolaparoscopia. Ela é realizada através de 5 ou 6 pequenos cortes no abdome. Há menor risco de desenvolver hérnia no corte cirúrgico; esteticamente deixa menor cicatriz e o tempo de retorno às atividades é mais curto.

 

E DEPOIS DA CIRURGIA? Após a cirurgia bariátrica o paciente precisa adotar uma série de medidas a curto e longo prazo, tanto para a readaptação do organismo quanto para manter a redução do peso proporcionada pela operação. Para o sucesso da cirurgia e resultados satisfatórios no pós-operatório é necessário que o paciente vá para a cirurgia informado de como será a reabilitação. A mudança do estilo de vida é essencial para o sucesso no pós-operatório.  Ainda durante a internação, os pacientes começam a receber uma dieta líquida que o acompanhará por cerca de 1 a 2 semanas.  A progressão da dieta para consistências líquida mais grossa, pastosa e geral é realizada em avaliações sucessivas do médico assistente e da nutricionista – profissional de enorme importância em todas as fases do processo de emagrecimento. Existe a introdução da reposição vitamínica – todos os pacientes farão reposição vitamínica por tempo indeterminado. Existe a fase da introdução ao exercício físico que inicia por volta de 30 dias de pós-operatório. Mas, já no primeiro dia após a cirurgia os pacientes estão liberados para exercícios de leve intensidade.

Fontes:

 

http://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/1087-cirurgia-bariatica

https://www.endocrino.org.br/10-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-cirurgia-bariatrica/#:~:text=1%20%2D%20Gastroplastia%2C%20tamb%C3%A9m%20chamada%20de,com%20o%20IMC%20muito%20elevado.

https://www.sbcbm.org.br/confira-5-cuidados-necessarios-no-pos-operatorio-de-bariatrica/